O tenista francês Gael Monfils alcançou hoje pela segunda vez os quartos de final do US Open, em Nova Iorque, batendo o russo Grigor Dimitrov, sétimo cabeça de série, por 7-5, 7-6 (8-6) e 7-5.

Na próxima ronda, Monfils vai previsivelmente enfrentar Roger Federer, caso o suíço, cinco vezes vencedor do quarto e último torneio do Grand Slam da temporada, não se deixe surpreender pelo espanhol Roberto Bautista Agut.

Monfils, que procura repetir o seu melhor desempenho em "majors" - as meias-finais de Roland garros em 2008 -, negou a Dimitrov a sua terceira presença nos "quartos" de um Grand Slam este ano. O russo, semifinalista em Wimbledon, sai muito por culpa dos seus 38 erros não forçados.

Dimitrov dispôs de dois pontos para ganhar o segundo "set" no "tie-break", mas Monfils anulou-os e ganhou quatro pontos consecutivos para fechar a segunda partida a seu favor e embalar para o triunfo.

No quadro feminino, Peng Shuai tornou-se a terceira chinesa de sempre a atingir os quartos de final de um "major" em 37 presenças, depois de Li Na e Zheng Jie. Para isso, derrotou a suíça Belinda Bencic, de 17 anos, por 6-2 e 6-1 em apenas 64 minutos.

Na sexta-feira, Peng Shuai, campeã de pares de Roland Garros este ano e de Wimbledon em 2013, vai lutar por um lugar nas meias-finais frente à vencedora do encontro entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki, antiga número um mundial, a italiana Sara Errani, 13.ª cabeça de série.

Sem qualquer título em singulares, a chinesa, de 28 anos, deixou pelo caminho a polaca Agnieszka Radwanska, quarta favorita, e é a única jogadora além da bicampeã Serena Williams a ter atingido os quartos de final da presente edição sem ter cedido qualquer "set".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.