A tenista francesa Kristina Mladenovic eliminou hoje a espanhola Garbiñe Muguruza na quarta eliminatória do torneio de Roland Garros, deixando a prova francesa sem a sua campeã, enquanto no setor masculino os favoritos impuseram a sua lei.

Muito apoiada pelo público parisiense, Mladenovic, 13.ª cabeça de série, bateu a quarta pré-designada em três ‘sets’, pelos parciais de 6-1, 3-6 e 6-3, atingindo pela primeira vez os quartos de final de um ‘major’.

A francesa vai discutir a passagem às meias-finais com a suíça Timea Bacsinszky, 30.ª favorita, que bateu a norte-americana Venus Williams, 10.ª cabeça de série, por 5-7, 6-2 e 6-1, e ‘assegurou-se’ que o segundo ‘Grand Slam’ de 2017 terá um vencedor inédito.

Nenhuma das oito ‘sobreviventes’ venceu Roland Garros ou qualquer outro dos quatro grandes torneios mundiais (Austrália, Wimbledon e Estados Unidos, além da etapa francesa) e só a dinamarquesa Caroline Wozniacki atingiu a final da prova norte-americana, em 2009 e 2014.

Wozniacki, 11.ª favorita, bateu a russa Svetlana Kuznetsova, oitava pré-designada e vencedora na terra batida de Paris em 2009, por 6-1, 4-6 e 6-2, marcando encontro com a letã Jelena Ostapenko, que se impôs à australiana Samantha Stosur também em três ‘sets’, por 2-6, 6-2 e 6-4.

Os encontros referentes à eliminatória anterior – terceira – foram menos propícios a surpresas: a checa Karolína Plísková e a ucraniana Elina Svitolina, segunda e quinta cabeças de série, venceram sem dificuldade a alemã Carina Witthoft (7-5 e 6-1) e a polaca Magda Linette (6-4 e 7-5), respetivamente.

No setor masculino, o sérvio Novak Djokovic, segundo cabeça de série e detentor do título, qualificou-se sem dificuldade para os quartos de final, ao derrotar o espanhol Albert Ramos, 19.º pré-designado, por 7-6 (7-5), 6-1 e 6-3.

Nos quartos de final, o tenista sérvio vai defrontar o austríaco Dominic Thiem - frente ao qual nunca perdeu, em cinco confrontos -, que hoje derrotou o argentino Horacio Zeballos, também em três ‘sets’, por 6-1, 6-3 e 6-1.

O espanhol Rafael Nadal, quarto cabeça de série e recordista de títulos da prova francesa, com nove troféus conquistados, também ultrapassou sem dificuldade o compatriota Roberto Bautista, 17.º pré-designado, por 6-1, 6-2 e 6-2.

Nos quartos de final, o tenista espanhol vai defrontar o espanhol Pablo Carreño Busta, campeão do Estoril Open e 21.º do ‘ranking’ mundial, que bateu o canadiano Milos Raonic, sexto, por 4-6, 7-6 (7-2), 6-7 (6-8), 6-4 e 8-6.

Em encontros da terceira ronda, o japonês Kei Nishikori e o francês Gael Monfils, oitavo e 15.º favoritos, confirmaram esse estatuto, respetivamente, frente ao sul-coreano Hyeon Chung (7-5, 6-4, 6-7 (4-7), 0-6 e 6-4) e o francês Richard Gasquet, que abandonou devido a lesão.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.