Novak Djokovic despediu-se sábado dos Jogos Olímpicos com uma derrota no jogo de atribuição da medalha de bronze, ante Carreño Busta, depois de ter sido derrotado na véspera, nas meias-finais. Frustrado, o sérvio acabou por partir uma raquete e atirá-la para as bancadas.

Rafael Nadal, que não foi a Tóquio2020 mas conta já no seu currículo com uma medalha de ouro olímpica, assistiu e criticou o rival, lembrando que este deve ser um exemplo, dada a visibilidade que tem.

"Por sorte não estava ninguém nas bancadas e não aconteceu nada de mal, mas são situações que é preciso evitar, porque a imagem que transmitem não é a melhor. Quando um jogador é uma referência para tantos jovens adeptos, deve dar o exemplo. Não pode reagir assim. Além disso, é estranho que alguém que tem tanto êxito tenha este tipo de reação de vez em quando", referiu, lembrando ainda assim que Djoko "já pediu desculpa".

Sobre o que falta jogar da temporada, Nadal acredita que Djokovic, apesar da inesperada derrota nos Jogos Olímpicos, continua a ser favorito à vitória no US Open. "Ele venceu os primeiros três Grand Slams da época, pode muito bem vencer o quarto", sublinhou Nadal.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.