O espanhol Rafael Nadal foi hoje eliminado na segunda ronda do torneio de Wimbledon pelo alemão Dustin Brown, na primeira grande surpresa do quadro masculino, enquanto Roger Federer e Andy Murray avançaram tranquilamente para a eliminatória seguinte.

No segundo encontro entre ambos, novamente em relva, o germânico voltou a vencer Nadal, desta feita por 7-5, 3-6, 6-4, 6-4, em duas horas e 34 minutos.

Brown, que chega pela segunda vez à terceira ronda de um torneio do ‘Grand Slam’, em que nunca tinha vencido um top-10, depois de o ter feito em 2013 em Wimbledon, vai agora encontrar o sérvio Victor Troicki, 22.º cabeça de série.

Vencedor de 14 torneios do ‘Grand Slam’, Rafael Nadal, em queda no ‘ranking’, volta a não chegar a uma fase adiantada na relva londrina, onde já não passa dos oitavos de final desde 2011.

No jogo que abriu o dia no ‘court’ número um, o britânico Andy Murray, terceiro do ‘ranking’ ATP, não deu hipóteses a Robin Haase, 73.º da hierarquia, com o holandês a completar apenas seis jogos ao longo de todo o encontro.

Ao cabo de 1:26 horas, o tenista da casa fechou com os parciais de 6-1, 6-1 e 6-4 e tem agora pela frente, na terceira ronda, o italiano Andreas Seppi. O 27.º jogador mundial venceu uma longa ‘batalha’ de cinco ‘sets’ frente ao croata Borna Coric, terminada após 3:32 horas.

Também na terceira ronda está Roger Federer. O suíço passeou uma vez mais classe no ‘court’ central do All England Club e, com alguns pontos de ‘levantar’ o estádio, acabou por ultrapassar o norte-americano Sam Querrey. 6-4, 6-2 e 6-2 foram os parciais do jogo que teve a duração de 1:25 horas.

Na terceira ronda, o sete vezes vencedor do ‘major’ inglês defrontará o australiano Sam Groth, 68.º da hierarquia.

Em frente seguiram também Tomas Berdych e Jo Wilfried Tsonga, dois ex-semifinalistas da prova. O checo ultrapassou Nicolas Mahut, por 6-1, 6-4 e 6-4, enquanto o francês deixou pelo caminho o espanhol Albert Ramos-Vinolas, pelos parciais de 6-3, 6-4 e 6-4.

No quadro feminino, destaque para derrota da oitava cabeça de série, a russa Ekaterina Makarova, que perdeu frente à eslovaca Magdalena Rybarikova, 65.ª da hierarquia WTA, por 6-2 e 7-5.

Sem ‘sobressaltos’, a atual detentora do título, a checa Petra Kvitova, precisou de menos de uma hora para ultrapassar a japonesa Kurumi Nara, por 6-2 e 6-0, enquanto a dinamarquesa Carolina Wozniacki, quinta jogadora mundial, venceu a checa Denisa Allertova por 6-1 e 7-6 (8-6).

Na sexta-feira joga-se o quinto dia do torneio e, entre outros, entram em campo os dois primeiros cabeças de série do quadro masculino e feminino, Novak Djokovic e Serena Williams, além de Stanislas Wawrincka e Maria Sharapova.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.