O espanhol Rafael Nadal, número dois do ranking mundial de ténis, admitiu hoje desconhecer em que condições vai iniciar o Open da Austrália, na terça-feira, frente ao sérvio Laslo Djere, 56.º da hierarquia.

Nadal, campeão em Melbourne em 2009, procura no primeiro Grand Slam de 2021 o seu 21.ª título em ‘majors’, depois de ter desistido de disputar a ATP Cup, devido a uma lesão nas costas.

“Não me sinto fantástico, claramente. Se sentisse, tinha jogado a ATP Cup. É verdade que há 15 dias tenho sentido dores, comecei a senti-las em Adelaide [onde cumpriu quarentena à chegada à Austrália], após o primeiro treino”, reconheceu.

Em conferência de imprensa, o maiorquino reconheceu a dúvida sobre a sua aptidão física para iniciar a competição.

“A questão é em que estado vou estrear-me no torneio? Eu treinei bem durante várias semanas, e estou dececionado pelo que aconteceu nos últimos 15 dias. Todas as sensações positivas que tinha, desaparecerem, porque não consegui treinar convenientemente”, referiu Nadal, admitindo que, “às vezes, as coisas mudam rapidamente”.

O maiorquino, que pode superar o recorde de vitórias em Grand Slams que partilha com o suíço Roger Federer, ausente de Melbourne por opção, recordou que já iniciou outros torneios de duas semanas com dificuldades físicas.

“Obviamente, não é o ideal. Sobretudo quando é um torneio assim, exigente, à melhor de cinco ‘sets’… Tudo o que posso fazer é ficar otimista, trabalhar para recuperar e esperar que o meu estado melhore. Não é uma lesão grave, mas é persistente. E, isso, preocupa-me um pouco”, explicou.

A 109.ª edição do Open da Austrália vai decorrer entre segunda-feira e 21 de fevereiro, perante cerca de 30 mil espetadores por dia em Melbourne Park, metade da capacidade habitual, face à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.