O espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic vão defrontar-se na no domingo na final do Masters 1.000 de Roma em ténis, a duas semanas do arranque de Roland Garros, após vencerem hoje as meias-finais.

Djokovic, número um mundial e detentor do título, bateu o italiano Lorenzo Sonego, 33.º da hierarquia, por 6-3, 6-7 (5-7) e 6-2, pouco depois de Nadal, terceiro do circuito e recordista de triunfos em Roma (nove), ter derrotado o norte-americano Reilly Opelka, 47.º do mundo, por duplo 6-4.

Este vai ser o sexto embate entre ambos na final do torneio de Roma e o primeiro desde a última final de Roland Garros, vencida facilmente pelo espanhol, em outubro de 2020.

Desde 2005, a final do Masters 1.000 de Roma contou sempre com Nadal, Djokovic ou com ambos. O espanhol venceu nove das 11 finais disputadas, enquanto o sérvio cinco em 10.

Na vertente feminina, a final vai ser disputada pela checa Karolina Pliskova, nona do mundo, e pela polaca Iga Swiatek, 15.ª, atual campeã do Grand Slam francês, cuja edição de 2021 vai ser disputada entre 30 de maio e 13 de junho.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.