A jovem portuguesa não resistiu à maior experiência da sua adversária, Roberta Vinci, e sucumbiu em dois sets pelos parciais de 6-2, 6-0.

Em conferência de imprensa, Maria João Koehler elogiou a qualidade da tenista italiana, mas diz que isso não a intimidou.

«Acho que se viu porque é que ela é número 18 do mundo (desceu para 23ª esta segunda-feira). É uma jogadora muito experiente e profissional, com um jogo muito sólido. Não me intimidei e entrei para ganhar. Fui super profissional. Até ao último ponto estive a tentar fazer um bom jogo», atirou a tenista lusa.

Koehler, tri-campeã nacional em título, falhou a hipótese de ser a primeira portuguesa a atingir os quartos de final do Estoril Open.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.