O tenista Novak Djokovic, número um mundial, não vai participar no Masters 1.000 de Indian Wells, que se inicia em 07 de outubro, confirmou hoje a organização do torneio norte-americano.

"Estamos desapontados por Novak não poder juntar-se a nós neste outono. Esperamos vê-lo novamente em março para lutar pelo seu sexto título recorde no deserto", disse Tommy Haas, diretor do torneio, numa curta mensagem publicada no Twitter.

Por sua vez, o líder da hierarquia ATP, através de um comunicado, “lamentou que não possa ver os seus fãs em Indian Wells e jogar no deserto, o seu lugar favorito”.

Djokovic esteve perto de fazer história no Open dos Estados Unidos, em Flushing Meadows, onde cedeu na final diante do russo Daniil Medvedev, falhando o feito de vencer os quatro ‘majors’ numa só temporada, um registo que não é alcançado desde 1969 na vertente masculina.

‘Nole’ desperdiçou também a oportunidade de conquistar o 21º título do ‘Grand Slam’ e ‘descolar’ dos rivais eternos Federer e Nadal.

No lado feminino, a japonesa Naomi Osaka, que está numa pausa na carreira para superar problemas de saúde mental, estará igualmente ausente, juntamente com a número um mundial, Ashleigh Barty, e a americana Serena Williams, a recuperar de problemas físicos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.