Novak Djokovic poderá estar de regresso ao Open da Austrália. De acordo com o jornal australiano 'Herald Tribune', o tenista sérvio já terá sido autorizado a viajar para a Austrália, de forma a poder disputar o primeiro 'Grand Slam' de 2023.

A mesma fonte adianta que o próprio primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, terá afirmado que as portas estão abertas para o regresso de Djokovic àquele país.

Recorde-se que o tenista sérvio foi impedido de disputar a edição deste ano por não estar vacinado contra a Covid-19, acabando por ser deportado por ordem da justiça australiana.

Em 2022, Novak Djokovic esteve apenas presente em dois dos quatros torneios do 'Grand Slam'; começou por ser afastado nos quartos-de-final de Roland Garros por Rafael Nadal, que viria a vencer o torneio. Todavia o sérvio conquistou o torneio de Wimbledon poucos meses mais tarde, chegando às 21 vitórias em 'Grand Slams'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.