Os tenistas portugueses Nuno Borges e Gastão Elias qualificaram-se hoje para as meias-finais do Oeiras Open, torneio de categoria 80 do ATP Challenger Tour, que está a decorrer no Complexo de Ténis do Jamor.

O primeiro a garantir a manutenção na prova foi Nuno Borges, o número um português e 150 mundial, que defrontou pela primeira vez Thiago Monteiro (116.º ATP), o melhor tenista brasileiro da atualidade, num duelo que só ficou decidido em três ‘sets’, com os parciais de 6-7 (6-8), 7-6 (7-2) e 7-5, ao fim de três horas e 16 minutos.

O jovem maiato, de 25 anos, depois de salvar um ‘match point’ no segundo parcial para fechar na terceira partida, vai disputar, pela terceira vez esta temporada, umas meias-finais de um torneio ‘challenger’, desta feita no Jamor frente ao croata Nino Serdarusic (207.º ATP), que hoje eliminou o norte-americano Noah Rubin, por 6-7 (5-7), 6-2 e 7-5.

Gastão Elias, ao contrário de Borges, teve uma missão mais simples e rápida para superar o checo Vit Kopriva (164.º ATP), em dois ‘sets’, pelos parciais de 6-3 e 6-2, ao fim de uma hora e 33 minutos.

Graças ao triunfo, o tenista da Lourinhã, que figura no 198.º lugar na hierarquia mundial, vai discutir as suas primeiras meias-finais da época, em casa, diante o italiano Alessandro Giannessi (174.º ATP), que nos quartos de final precisou de três ‘sets’ para se impor ao compatriota Giulio Zeppieri, por 1-6, 7-5 e 6-3.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.