O tenista português Gonçalo Oliveira desistiu frente ao argentino Pedro Cachin e cedeu a passagem à final do Oeiras Open II, segundo torneio de categoria 50 do ATP Challenger Tour, que termina hoje no Complexo Desportivo do Jamor.

Depois de a meia-final ter sido interrompida no sábado, devido à chuva, e adiada para hoje, o jogador natural do Porto, que liderava o marcador por 5-4, retomou hoje o encontro a ser quebrado logo no seu primeiro jogo de serviço e acabou por perder o ‘set’ por 7-6, com 7-4 no ‘tie-break’.

Sem conseguir entrar em jogo e após sofrer mais dois ‘breaks’, Oliveira, 296.º colocado no ranking ATP, retirou-se do Centralito do Jamor, devido a um problema nas costas, e entregou o apuramento para a final a Cachín, 336.º da hierarquia, que vai defrontar, não antes das 12:30, o português Nuno Borges.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.