O tenista sérvio Novak Djokovic venceu hoje nas meias-finais o russo Aslan Karatsev e vai disputar, pela nona vez na carreira, a final do Open da Austrália, primeiro ‘major’ da temporada, que está a decorrer em Melbourne Park.

No dia em que o público regressou às bancadas da Rod Laver Arena, após um confinamento geral de cinco dias no estado de Victoria, devido a um surto de covid-19 num hotel usado para quarentenas, o líder do ‘ranking’ mundial precisou apenas de uma hora e 53 minutos para confirmar o seu favoritismo diante Karatsev, 114.º colocado na mesma hierarquia, em três ‘sets’, com os parciais de 6-3, 6-4 e 6-2.

Confirmado o triunfo frente ao russo, de 27 anos, que nunca havia disputado antes o quadro principal de um torneio do Grand Slam, Djokovic fica a aguardar pelo vencedor do encontro entre o grego Stefanos Tsitsipas e o russo Daniil Medvedev para conhecer o seu último adversário na corrida pelo seu nono título em Melbourne e 18.º ‘major’ da carreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto