O tenista português Pedro Sousa foi hoje eliminado na terceira e última ronda da fase de qualificação de Wimbledon, terceiro torneio do ‘Grand Slam’ da temporada, ao perder com o italiano Simone Bolelli.

Sousa, 153.º do mundo, foi eliminado pelo atual 312.º do ‘ranking’ mundial, que já chegou a estar em 36.º, em três ‘sets’, por 6-2, 6-3 e 6-2, num encontro que durou uma hora e 23 minutos.

O tenista de 29 anos falhou o acesso ao quadro principal, depois de ter eliminado o canadiano Steven Diez, 223.º, na segunda fase de qualificação, deixando João Sousa, 58.º no ranking ATP, como único representante luso no quadro principal, que arranca a 03 de julho.

O vimaranense vai enfrentar o alemão Dustin Brown, 93.º mundial, na primeira ronda, podendo encontrar o líder do ‘ranking’, o britânico Andy Murray, na segunda ronda, com o vencedor de 2016 a estrear-se nesta edição frente a um jogador proveniente do torneio de qualificação.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.