A seleção portuguesa de ténis ficou hoje arredada do Grupo Mundial da Taça Davis, após a derrota de João Sousa diante Mikhail Kukushkin no terceiro encontro de singulares da eliminatória disputada com o Cazaquistão, em Astana.

O vimaranense e 39.º colocado do ‘ranking’ mundial perdeu frente a Kukushkin, o jogador mais cotado da equipa anfitriã (55.º do circuito ATP), em dois ‘sets’, pelos parciais de 4-6 e 1-6, em uma hora e 15 minutos, no National Tennis Center.

Com o desaire do minhoto, de 29 anos, Portugal, que tinha reduzido a desvantagem ao vencer em pares, foi afastado das finais da Taça Davis, que vão ser disputadas em Madrid, entre 18 e 24 de novembro, e vai voltar a disputar o Grupo I da zona Europa/África, em setembro.

O Cazaquistão assegurou a presença no Grupo Mundial ao vencer a eliminatória, decidida à melhor de cinco, ao juntar o triunfo de hoje aos obtidos na sexta-feira por Alexander Bublik e Kukushkin, frente a João Sousa e Pedro Sousa, respetivamente.

Hoje, João Sousa e Gastão Elias ainda alimentaram a esperança na recuperação lusa, ao vencerem o embate em pares, diante de Timur Khabibulin e Alekxandr Nedovyesov.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.