Em entrevista à revista francesa da modalidade, 'Tennis Magazine', Bernard Giudicelli  anunciou que vai implementar novas regras de vestuário para o torneio Roland Garros já a partir do próximo ano e deu o exemplo da indumentária de Serena Williams na edição deste ano.

"Acho que, às vezes, somos demasiado liberais. A combinação de Serena este ano, por exemplo, não vai voltar a ser aceite. Devemos respeitar o jogo e o lugar", disse Bernard Giudicelli, acrescentando que "se passarmos emoção com algo bonito num lugar que é lindo, a emoção vai ser magnifica."

Serena Williams regressou às competições no torneio Roland Garros, em maio, depois de ter sido mãe em setembro do ano passado. Na primeira ronda do torneio, a tenista usou um macacão preto e mais tarde justificou a escolha dizendo que favorecia a circulação sanguínea e assim ajudá-la-ia a recuperar do parto.

O torneio Roland Garros não tinha, até ao momento, um "código de vestuário" específico, como é o caso do torneio de Wimbledon, em que é obrigatório ter roupa branca. Mas o presidente da Federação Francesa de Ténis, que não é o diretor do torneio, quer estabelecer "limites" e pretende pedir aos fabricantes de equipamentos para comunicar o comportamento dos jogadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.