O tenista norte-americano Denis Kudla teve conhecimento da infeção pelo novo coronavírus durante o jogo frente ao marroquino Elliot Benchetrit, que venceu, na primeira ronda do ‘qualifying’ para o Open da Austrália, em Doha.

O árbitro do encontro decidiu terminar o encontro, no qual Kudla se impôs por 6-4 e 6-3, uma vez que já tinha sido iniciado quando a organização recebeu o resultado do teste ao norte-americano, 114.º do ranking mundial.

O marroquino de origem francesa Elliot Benchetrit, 221.º do mundo, deu conta do seu apuramento para a segunda ronda da qualificação, através da sua conta no Instagram, lamentando o sucedido.

“A ideia dos testes é para obter informação previamente, não para colocar em risco as outras pessoas. Inexplicavelmente, podemos jogar antes de receber os resultados, porque estão a demorar mais do que o esperado”, escreveu Benchetrit.

Kudla é o segundo tenista remetido ao confinamento durante esta fase do primeiro Grand Slam do ano, que decorre no Qatar, depois do argentino Francisco Cerundolo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.