O espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo, avançou para a segunda ronda do Open dos Estados Unidos sem inconvenientes, ao vencer por 3 sets a 0 o australiano John Millman.

O tenista de Maiorca, de 33 anos, estreou-se no último Grand Slam do ano com um triunfo de 6-3, 6-2 e 6-2, em pouco mais de duas horas.

Na próxima ronda, Rafael Nadal vai enfrentar o australiano Thanasi Kokkinakis.

"É muito especial voltar, estou muito emocionado", disse Nadal. "Vim jogar com muito respeito, acho que foi uma vitória sólida (...), estou contente".

Millman, que Nadal já tinha derrotado no torneio de Wimbledon em 2018, tentou resistir no início com um break point no primeiro jogo.

Mas isso durou pouco. Nadal não teve compaixão e o desgastou-o com um jogo profundo e muito preciso que colocou o australiano a correr de um lado para o outro, tentando o impossível para alcançar essas bolas mais difíceis.

O resultado confirma o que Nadal tinha dito: que está em boa forma, depois que decidiu não participar do Masters 1000 de Cincinnati, como precaução para o US Open, competição que já ganhou três vezes.

Há um ano, Nadal abandonou este torneio na meia-final contra o argentino Juan Martín Del Potro - ausente nesta edição após uma cirurgia no joelho direito - devido a problemas também no joelho direito.

Foi o início de uma série de lesões que lhe trouxeram problemas, mas que ele garante ter superado.

Nadal ganhou em 2019 o torneio de Roland Garros (do qual já conquistou 12 troféus) assim como o Masters 1000 de Roma e Montreal, e chegou à meia-final de Wimbledon.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.