A Associação de Ténis Feminino (WTA) protestou hoje contra a decisão dos organizadores do torneio de Roland Garros de não programarem nenhumas das meias-finais femininas para o court central.

Os atrasos nos jogos provocados pela chuva, fizeram com os quatro encontros da meias-finais dos torneios masculino e feminino se disputem hoje.

Os dois encontros do torneio feminino, que opõe a norte-americana Amanda Anisimova à australiana Ashleigh Barty e a a britânica Johanna Konta à checa Marketa Vondrousova, vão disputar-se nos ‘courts’ Suzanne Lenglen e Simonne Mathieu, segundo e terceiro em grau de importância.

Os encontros das meias-finais masculinas estão ambos agendados para o ‘court’ principal.

O presidente do WTA considerou a decisão “injusta e inapropriada”, afirmando em comunicado: “as quatro jogadoras, que têm estado tão bem, mereciam um ‘court’ mais importante. Acreditamos que havia outras soluções possíveis”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.