A norte-americana Serena Williams apurou-se para a terceira ronda do Open dos EUA, ao derrotar Annet Kontavait, da Estónia, em três sets, vencendo por 7-6, 2-6 e 6-2.

Perante um Arthur Ashe Stadium lotado e com todo o público a puxar por ela, a norte-americana, atual 605.ª do 'ranking' WTA, afastou a número 2 do ranking mundial, dando mostras do seu poderio.

Serena Williams, que celebra o 41.º aniversário dentro de quatro semanas, alcançou a sua 108.ª vitória em Nova Iorque, ela que na ronda anterior tornou-se na quarta mulher na ‘era Open’ a ganhar encontros enquanto adolescente, com mais de 20 anos, 30 e 40, juntando-se a Martina Navratilova, à irmã Venus Williams e Kimiko Date.

Este foi apenas o sexto encontro da temporada para Serena Williams, a antiga número um mundial e recordista de títulos do Grand Slam, com 23 troféus conquistados, seis deles em Nova Iorque.

O US Open deve ser o último de Williams, de 40 anos, que conta com 23 títulos conquistados em torneios de 'Grand Slam'. No início do mês, Serena anunciou a sua retirada do ténis mundial após o US Open, em Nova Iorque, onde alcançou, em 1999, o primeiro dos seus 23 ‘majors’.

Prestes a celebrar os 41 anos, a recordista de títulos do ‘Grand Slam’ na Era Open não se apresenta no seu melhor momento – desde o seu último triunfo num ‘major’ em 2017, no Open da Austrália, tem padecido de várias lesões – está prestes a encerrar uma carreira com quatro medalhas de ouro olímpicas e 73 títulos em torneios WTA para aumentar a família.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.