Voltou a ser prematura a eliminação da tenista portuguesa Matilde Jorge nesta segunda prova do Lousada Indoor Open. A vimaranense, foi eliminada pela promessa sueca Tilda Stromquist, em apenas dois sets, pelos parciais de 6-3 e 6-4, dando por terminada a presença lusa no torneio. Mas não foi a única a cair. Sara Lança e Mafalda Guedes também se despediram. Lança foi eliminada pela belga Clara Vlasselaer (6-3 e 6-2) enquanto Mafalda Guedes, pouco conseguiu fazer ante a suíça Tess Sugnaux (6-1 e 6-0).

Stromquist, de 18 anos, voltou a “furar” o qualifying e já está nos quartos-de-final onde vai defrontar Sarah Illiev. A francesa, de apenas 16 anos, tem sido, a par da sueca, uma das grandes surpresas desta semana, e, hoje, voltou a dar provas de assumir a candidatura ao título, derrotando a italiana Maria Vittoria Viviani, por 6-1, 2-6 e 6-3.

Num dos outros embates dos “quartos” vão defrontar-se Valentina Ryser e Julita Saner. A suíca afastou Elizaveta Morozova, por 6-1 e 6-2, enquanto a sueca beneficiou do abandono por lesão da alemã Natalia Siedliska, quando tinha concluído a seu favor a primeira partida, por 6-2.

Quem tarda a afirmar-se é Océane Babel. A francesa, primeira cabeça-de-série, foi novamente obrigada a disputar três sets para seguir em frente. Hoje, contra a holandesa Chanel Janssen, que, mesmo assim, derrotou por 4-6, 6-2 e 6-3. Amanhã não terá tarefa fácil já que tem pela frente a motivada jogadora ucraniana Yelyzaveta Kotliar, que continua em estado de graça. Hoje, deixou pelo caminho a espanhola Celia Cervino Ruiz, por um duplo 7-5.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.