O tenista português Gastão Elias venceu hoje o francês Evan Furness e apurou-se para a final do Oeiras Open, torneio de categoria 50 do ATP Challenger Tour, que termina no domingo no Complexo Desportivo do Jamor.

Elias, número 358 do ranking ATP, precisou de uma hora e 53 minutos para ultrapassar o gaulês de 22 anos, que figura no 340.º lugar na mesma hierarquia, em dois ‘sets’, com os parciais de 6-3 e 7-5.

Depois de não conseguir converter um ‘match point’ quando estava em vantagem no marcador, com 5-4 no segundo parcial, o tenista natural da Lourinhã não desperdiçou a segunda oportunidade de que dispôs, no 12º jogo (6-5), e quebrou o adversário para encerrar o duelo e assegurar o acesso à final.

“Feliz pela vitória, por ter conseguido dar a volta no segundo ‘set’ e ter acabado da melhor maneira. Foram dois ‘sets’ completamente diferentes. No primeiro, dominei do princípio ao fim e, no segundo, entrei talvez um pouco relaxado e deixei-o ficar, logo cedo, com um ‘break’ de vantagem. Estava um pouco irritado, porque sentia que estava melhor que ele, mais fresco, a jogar melhor, só a falhar uma bola ou outra. Mas lá no fundo sabia que se conseguisse fazer o meu jogo, ia sair com a vitória”, afirmou Elias, em declarações à Sport TV.

Garantido o triunfo, Gastão Elias vai voltar a disputar um título num challenger ao fim de três anos e meio, depois da última vez em Montevideo, em 2017, desta feita frente o checo Zdnek Kolar (246.º ATP), que bateu o argentino Marco Trungelliti, por 6-3 e 6-2.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.