O sorteio do Open da Austrália, agendado para a manhã de hoje, foi adiado para a próxima madrugada, devido a uma infeção pelo novo coronavírus, mantendo-se o início do primeiro ‘major’ de ténis da temporada previsto para segunda-feira.

O anúncio foi feito por Craig Tiley, diretor da Tennis Austrália e do torneio do Grand Slam, na sequência de um caso de infeção pelo coronavírus responsável pela pandemia de covid-19 detetado num membro do ‘staff’ de um dos hotéis onde estão instalados parte dos jogadores.

Depois de suspender os 62 encontros da jornada de quarta-feira para testarem os 507 hóspedes do Grand Hyatt Hotel, entre os quais 160 jogadores, Craig Tiley comunicou que o sorteio será realizado à porta fechada e só no sábado será conhecida a primeira metade de cada quadro a entrar em ação, conforme os jogadores que ainda estiverem em prova nos torneios que terminam no domingo.

Enquanto os mais de 500 hóspedes, jogadores, treinadores, acompanhantes e árbitros, estão em isolamento no hotel até serem conhecidos os resultados dos testes, Frederico Silva e Pedro Sousa, os dois portugueses que vão disputar o quadro principal do Open da Austrália, podem continuar a treinar normalmente, uma vez que estão instalados noutra unidade hoteleira.

Caso não surja mais nenhum percalço, o ‘major’ australiano irá decorrer, entre segunda-feira e 21 de fevereiro, em Melbourne Park.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.