O tenista búlgaro Grigor Dimitrov, número 19 do ranking mundial, anunciou hoje que testou positivo à covid-19, depois de participar no Adria Tour, em Zadar, na Croácia, um evento de exibição organizado pelo sérvio Novak Djokovic, líder da hierarquia.

Nas redes sociais, o jogador de 29 anos, que já regressou ao Mónaco, local onde habita, revelou que está infetado com o novo coronavírus, um dia depois de ter abandonado o torneio, depois de perder frente a croata Borna Coric.

Dimitrov esteve nas duas primeiras etapas do Adria Tour, tendo participado em todos os eventos fora dos courts, como jogos de futebol e basquetebol com os restantes tenistas, incluindo Djokovic, ou em festas em discotecas.

“Quero certificar-se que todas as pessoas com quem tive contacto sejam testadas e tomem a devidas medidas de precaução. Lamento qualquer mal que possa ter causado. Estou em casa e a recuperar”, escreveu o búlgaro.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 464 mil mortos e infetou mais de 8,8 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.528 pessoas das 38.841 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.