O checo Tomas Berdych vai tentar hoje melhorar o resultado do compatriota Karel Novacek, vice-campeão em 1991 e 1993, na final do 25.º Portugal Open em ténis, na qual irá encontrar o argentino Carlos Berlocq.

O primeiro cabeça de série do maior torneio português de ténis e número seis do ranking mundial vai tentar conquistar o décimo título da carreira, na sua 22.ª final, e o segundo da temporada, depois do triunfo em Roterdão, na Holanda.

Antes de Berdych, apenas um checo, Karel Novacek, conseguiu chegar à final do Portugal Open, em 1991 e 1993, sendo derrotado nas duas ocasiões.

Já Berlocq, que nos quartos de final conseguiu a primeira vitória frente a um “top 10” mundial, ao eliminar o canadiano Milos Raonic (nono do “ranking”), procura o segundo troféu da carreira para juntar ao conquistado em 2013 em Bastad, na Suécia.

No último dia da 25.ª edição do Portugal Open terá ainda lugar a final de pares masculinos, entre os primeiros cabeças de série, o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol David Marrero, e os terceiros pré-designados, o mexicano Santiago Gonzalez e o norte-americano Scott Lipsky.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.