O francês Jo-Wilfried Tsonga, campeão em Metz, protagonizou a maior mudança no “ranking” ATP de ténis ao subir três posições, para sétimo, enquanto o sérvio Novak Djokovic mantém a liderança e Rui Machado continua a ser o melhor português.

Com o título conquistado no Torneio de Metz, Tsonga, que falhou este ano o acesso aos quartos de final do Estoril Open2011 ao perder frente ao uruguaio Pablo Cuevas, prepara-se agora para o Masters de Londres, prova que reunirá os oito melhores jogadores da época.

Apesar de ter descido um lugar uma semana depois de ter atingido a melhor classificação de sempre de um tenista luso, Rui Machado continua a ser o melhor português, ao ocupar o 62.º posto da tabela, enquanto Frederico Gil, que fechava o “top-100”, caiu para a 101.ª posição.

Djokovic possui 4.100 pontos de vantagem sobre o espanhol Rafael Nadal, que se mantém na segunda posição do “ranking” mundial, enquanto o terceiro lugar da tabela continua a ser ocupado pelo suíço Roger Federer.

Com a subida ao sétimo lugar, Tsonga deixou para trás o norte-americano Mardy Fish (oitavo), o seu compatriota Gael Monfils (nono) e o checo Tomas Berdych (décimo).

O “ranking” feminino também não sofreu alterações significativas esta semana, com a dinamarquesa Caroline Wozniacki a manter a liderança.

A primeira mudança surge no “top-20”, com a troca de lugares entre a alemã Júlia Goerges, que sobe para o 20.º posto da tabela trocando de posição com a sérvia Ana Ivanovic, que ocupa agora o 21.º lugar.

A portuguesa Michelle Lacher de Brito é a melhor lusa no “ranking” WTA ao subir três posições do 199.º posto para o 196.º, enquanto Maria João Koehler manteve o 227.º lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.