Os vencedores de singulares masculinos e femininos do próximo US Open em ténis terão seus prémios reduzidos em 850.000 dólares (cerca de 710.000 euros) em relação ao ano passado, devido à pandemia de covid-19.

A organização da prova revelou hoje, através de um comunicado, que o prémio total do torneio, que será disputado sem espectadores, entre 31 de agosto a 13 de setembro, será de 53,4 milhões de dólares (45 milhões de euros), quando na edição de 2019 foi de 57 milhões de dólares (48 milhões de euros).

Os vencedores das provas de singulares masculinos e femininos receberão três milhões de dólares (2,5 milhões de euros) cada, um valor significativamente inferior dos 3,85 milhões de dólares (3,2 milhões de euros) que receberam no ano passado.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.