O sérvio Novak Djokovic, 21.º do ‘ranking’ mundial, qualificou-se hoje para as meias-finais do torneio de ténis de Wimbledon, terceiro Grand Slam do ano, ao impor-se ao japonês Kei Nishikori, 28.º da hierarquia.

O antigo número um mundial bateu o nipónico por 6-3, 3-6, 6-2 e 6-2, em duas horas e 38 minutos, e assegurou a sua primeira presença nas meias-finais de um ‘major’ desde setembro de 2016, quando perdeu a final do US Open frente ao suíço Stan Wawrinka.

Djokovic, vencedor de 12 torneios do Grand Slam, três dos quais em Wimbledon, em 2011, 2014 e 2015, vai disputar um lugar na final frente ao vencedor do embate entre o espanhol Rafael Nadal, líder do ‘ranking’, e o argentino Juan Martin Del Potro, quarto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.