O torneio de ténis de Wimbledon vai respeitar, ao meio-dia de hoje, um minuto de silêncio em memória das vítimas do atentado que ocorreu numa praia da Tunísia, anunciou hoje a organização.

“Pedimos a todos aqueles que se encontrem nos ‘courts’ de Wimbledon nesse momento, que façam um minuto de silêncio, como sinal de respeito pelas vítimas do atentado da Tunísia e pelas suas famílias”, declarou Richard Lewis, organizador do Torneio de Wimbledon.

Os encontros que se iam disputar nos courts anexos, que tinham previsto o seu início para as 11:30, foram também adiados para as 12:15.

Esta é uma medida sem precedentes na história de um dos torneios do 'Grand Slam', “saudada pelo mundo do ténis como uma resposta apropriada, que permite aos profissionais da modalidade unirem-se ao público, na homenagem àqueles que morreram às mãos de um atentado terrorista, há exatamente uma semana”, disse a organização em comunicado.

Trinta e oito turistas, dos quais 30 britânicos e uma portuguesa, morreram na sequência de um atentado terrorista levado a cabo por um estudante, de 23 anos, pertencente ao grupo autodenominado estado islâmico, que atacou os veraneantes na praia de um hotel tunisino, em Port El Kantaoui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.