O Alinghi lidera a etapa de Lisboa da Extreme Saling Series após as cinco regatas disputadas hoje, primeiro dia de prova no rio Tejo, onde os velejadores portugueses da equipa Sail Portugal-Visit Madeira foram quintos classificados.

A equipa suíça, liderada por Arnaud Psarofaghis, ganhou duas regatas e foi segunda noutras duas, para fechar a jornada inaugural com 55 pontos, mais três do que o francês Norauto, um dos três 'wild cards' presentes, que venceu a primeira regata e mostrou que pode lutar pela vitória na penúltima etapa desta a competição para catamarãs de 32 pés (10 metros).

"Estamos muito satisfeitos com os resultados de hoje. Sabíamos que seria duro entrar numa frota tão forte, sobretudo com ventos mais fracos. Tivemos algum sucesso no GC32 Racing Tour, mas a frota da Estreme Sailing Series é muito competitiva, por isso, chegar e conseguir ser competitivo é bom", afirmou o neozelandês Adam Minoprio, 'skipper' do Norauto.

Líder da classificação geral após a sexta etapa, realizada na Madeira há duas semanas, o Oman Air, comandado pelo norte-americano Morgan Larson, foi terceiro no primeiro dia, com 50 pontos, à frente da equipa Red Bull (44).

A tripulação da Sail Portugal - Visit Madeira, que tem como 'skkiper' Diogo Cayolla, fechou o dia no quinto posto, com 39 pontos, incluindo 12 da vitória na quarta regata.

Outra das equipas que beneficiaram de 'wild card', a canadiana Thalassa Magenta Racing, que apresenta em Lisboa a primeira tripulação totalmente feminina nos 10 anos de história da prova, encerrou a jornada no oitavo lugar.

Na sexta-feira, a competição recomeça às 14:30 e vai incluir uma regata costeira mais longa, além das regatas mais curtas.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.