O veleiro suíço Alinghi voltou hoje a superar a concorrência na Extreme Sailing Series, depois de cinco regatas realizadas no segundo dia de prova em Lisboa, onde a equipa lusa da Sail Portugal - Visit Madeira manteve o quinto posto.

Os suíços, que no primeiro dia contabilizaram 55 pontos, venceram duas regatas e ficaram em segundo nas outras três, aumentando o seu registo na liderança da sétima e penúltima etapa do circuito para 112.

O francês da Norauto, um dos três ‘wild-cards’ a competir nas águas do rio Tejo, continua no segundo lugar, depois de ter somado 45 pontos – com triunfo na penúltima regata da jornada -, e passou totalizar 98 pontos.

Já Oman Air, dirigido pelo norte-americano Morgan Larson e atual líder de geral, foi penalizado na segunda regata do dia por ter partido adiantado, mas, ainda assim, venceu a seguinte manteve o terceiro posto da tabela, com 90.

A equipa lusa da Sail Portugal - Visit Madeira, com Diogo Cayolla na liderança, alcançou a quarta posição na nona regata da prova e manteve o quinto lugar, com 78 pontos, menos 12 do que os austríacos da Red Bull Sailing Team.

A surpresa do dia pertenceu a outra tripulação ‘wild-card’ e a única 100% feminina, a Thalasse Magenta Team, do Canadá, que subiu ao sexto posto, após vencer a décima regata, contabilizando agora 63 pontos, os mesmo que os britânicos da Land Rover Bar Academy.

No sábado, a etapa lusa recomeça às 14:30 nas águas do rio Tejo, em Lisboa. A prova decorre até domingo e a última terá lugar em Sydney, na Austrália de 08 a 11 de dezembro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.