O veleiro espanhol MAPFRE, comandado por Iker Martínez, venceu hoje a regata de porto de Lisboa, na véspera da partida da oitava etapa da Volvo Ocean Race, batendo o Abu Dhabi por apenas dois metros.

No estuário do Tejo, chegou a parecer que o MAPFRE tinha bloqueado a passagem do barco dos Emirados Árabes Unidos, comandado pelo britânico Ian Walker, mas a última manobra do 'skipper' espanhol foi perfeitamente regular.

A segunda vitória do campeão olímpico de 2004 (49er), a segunda consecutiva, depois de ter ganhado a regata de porto de Newport, nos Estados Unidos, antes da partida para Lisboa, deixa o MAPFRE mais perto do pódio da classificação.

No entanto, com duas corridas por disputar, o Abu Dhabi continua a liderar a classificação das regatas de porto (21 pontos), à frente de Brunel (25), SCA (28), Alvimedica (31), MAPFRE (32), Dongfeng (33) e Vestas Wind (59). Esta classificação serve apenas para efeitos de eventual desempate final na Volvo Ocean Race, regata à volta do mundo com escalas.

Na prova de hoje, reduzida de seis a cinco corridas devido à diminuição do vento no Tejo, o Brunel não foi além do quinto lugar, enquanto o Alvimedica foi terceiro, à frente do SCA, cuja tripulação é exclusivamente feminina.

No domingo, os veleiros partem às 14:00 para a oitava e penúltima etapa da Volvo Ocean Race, que os levará até Lorient, em França, numa ligação de 647 milhas náuticas.

O Abu Dhabi lidera a prova, com uma vantagem de seis pontos sobre o veleiro do Team Brunel, comandado pelo holandês Bouwe Bekking, e sobre o chinês Dongfeng, cujo 'skipper' é o francês Charles Caudrelier.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.