Os velejadores olímpicos portugueses Mariana Lobato, Bernardo Freitas e Frederico Melo vão integrar a tripulação do VO65 ‘Racing for the Planet’, que já oficializou a presença na edição inaugural da Ocean Race Europe, prevista para a primavera.

Ao contrário de Freitas e Melo, que competiram na última edição da Ocean Race, em 2017/2018, Mariana Lobato será a primeira velejadora portuguesa a competir num VO65, ao juntar-se à ‘Mirpuri Foundation Racing Team’ na prova reservada às classes VO65 e IMOCA 60, que decorrerá em maio, entre a costa atlântica da Europa e o Mediterrâneo.

“É sempre bom sentir que estamos a desbravar um novo caminho. Espero que esta representação ajude a deixar a porta aberta a outras gerações futuras de velejadoras portuguesas. Foi desafiante encontrar a chave, mas consegui abrir a porta”, confessou à agência Lusa a atleta que representou Portugal nos Jogos Olímpicos Londres2012, na classe Match Racing, um ano antes de se sagrar campeã do mundo, na Coreia.

Além de admitir que é “bom ser reconhecida e valorizada” pelo seu trabalho, Mariana Lobato revelou que deseja ver a sua equipa “nos lugares da frente”, objetivo pelo qual trabalham todos os dias, e “aprender o máximo possível.”

“O que mais me cativa neste desporto é o trabalho em equipa, pois sinto que podemos ser muito bons, mas sozinhos não vamos a lado nenhum. Ter a oportunidade de aprender coisas novas todos os dias com a minha equipa é espetacular”, acrescentou a velejadora.

A equipa portuguesa da Fundação Mirpuri, que contará ainda com António Fontes como ‘boat captain’, responsável pela equipa de terra do barco ‘Racing for the Planet’, terá como ‘skipper’ o francês Yoann Richomme, que não poupa elogios aos velejadores olímpicos nacionais.

“Será uma equipa especial. O Frederico é um velejador muito talentoso e experiente, com um nível altamente competitivo. O Bernardo tem também um elevado nível de experiência e é muito conhecedor de táticas de regata, sendo por isso uma ótima escolha. A Mariana, por sua vez, é uma velejadora de altíssimo nível. Estou impressionado com sua motivação e vontade de fazer parte de nossa equipa. Trabalhou muito para consolidar a sua experiência na vela ‘offshore’ e estou muito feliz por tê-la a bordo”, afirmou Richomme.

Além do trio de portugueses, o ‘skipper’ gaulês, vencedor da Route de Rhum, em 2018, e da Solitaire de Fígaro, em 2016 e 2019, terá ainda às suas ordens o australiano Jack Bouttell, vencedor da última edição da Ocean Race, o compatriota Nicolas Lunven, a inglesa Emily Nagel e o espanhol Willy Altadill, todos com experiência na regata à volta do mundo.

“Temos o privilégio de apresentar uma velejadora portuguesa na Ocean Race Europe, é um orgulho imenso. Estamos uma vez mais confiantes na equipa, na ‘Mirpuri Foundation Racing Team’, que para além da Mariana Lobato e dos portugueses de renome Frederico Melo, Bernardo Freitas e António Fontes, conta também com alguns dos maiores nomes da vela internacional”, comentou Paulo Mirpuri, presidente da Fundação Mirpuri.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.