O velejador chinês Guo Chuan, que atravessava o oceano Pacífico em solitário, desde 18 de outubro, foi dado como desaparecido na costa do Havaí, anunciou hoje a agência chinesa Xinhua.

"A sua equipa de apoio não sabe do seu paradeiro desde terça-feira. Todas as tentativas de contacto com o barco fracassaram. Foi enviado um avião de resgate [de Honolulu, capital do Havai] que avistou o trimaran de Guo, mas não viu o velejador", escreveu a agência na sua página oficial na rede social de Sina Weibo.

Guo Chuan, 51 anos, é o primeiro chinês a tentar completar a travessia em solitário de San Francisco, Estado Unidos, para Xangai, China, em 20 dias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.