A seleção portuguesa masculina de voleibol venceu hoje com clareza a Áustria por 3-0 e lidera destacada o grupo D, estando a apenas três pontos de conseguir a qualificação para o Europeu da modalidade, em 2019.

Foi uma vitória natural da melhor equipa na 'quadra', que, com um serviço muito agressivo e um bloco eficiente, mostrou em todos os 'sets' ser muito superior ao adversário.

Com a vitória de hoje, Portugal soma nove pontos e, perante o triunfo da Croácia sobre a Albânia, tem agora cinco pontos de vantagem sobre o segundo classificado, a Áustria.

Desta forma, um triunfo no sábado, em casa do adversário de hoje, garante a presença no Europeu, que vai ser organizado em quatro países: França, Eslovénia, Bélgica e Holanda.

O selecionador nacional, Hugo Silva, utilizou apenas oito jogadores durante todo o encontro, cujo início até foi equilibrado.

Portugal saiu no comando, mas permitiu que os austríacos passassem para a frente (7-5) com quatro pontos seguidos.

A partir dos 9-8, porém, os lusos 'agarraram' o jogo e 'dispararam' na fase final para uma vitória segura (25-20).

No segundo 'set', a história quase se repetiu e Portugal chegou a estar a ganhar 23-17, mas deixou que a Áustria recuperasse para apenas um ponto de diferença (24-23) e acreditasse na reviravolta, o que obrigou a um pedido de desconto de tempo de Hugo Silva.

Mas um remate forte de Marco Ferreira tirou as eventuais dúvidas e sentenciou a segunda partida (25-23).

O terceiro e último 'set', e apesar dos seis pontos 'oferecidos' em serviços falhados, foi o menos equilibrado de todos, mostrando um Portugal demasiado forte e uma Áustria que, ou sobe vários 'degraus' ou não parece ter argumentos para, mesmo em casa, vencer os portugueses dentro de três dias.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.