O português Filipe Albuquerque (Oreca) foi hoje 11.º classificado em LMP2 na última corrida das Asian Le Mans Series, em Abu Dhabi, numa prova em que Manuel Espírito Santo (Ligier) conquistou o título de LMP3.

Apesar de sair da 'pole position', um problema de caixa de velocidades sentido desde o início da corrida de quatro horas limitou o andamento da equipa de Filipe Albuquerque, que incluía Louis Deletraz e Al Harty Ahmad.

“Quando percebemos, logo no início, que estávamos com problemas na caixa de velocidades, percebemos que seria uma missão inglória. No fundo, sobrevivemos toda a corrida para chegar ao final. Tentei ajudar com o que estava ao meu alcance, mas hoje não dependeu de nós. Não tinha de acontecer”, disse o piloto natural de Coimbra.

O Oreca terminou a três voltas da equipa vencedora, a Algarve Pró Racing, sediada no Autódromo Internacional de Portimão.

Nos LMP3, a segunda categoria mais importante deste campeonato, Manuel Espírito Santo (Ligier) foi o segundo classificado, a uma volta da equipa vencedora, a Bretton Racing, mas o resultado foi suficiente para conquistar o título.

“Não foi uma corrida fácil. Tivemos muitas dificuldades com o carro e um erro de estratégia afastou-nos do primeiro lugar. Mas estávamos muito focados em dar à equipa o título nos LMP3 e para isso o segundo lugar foi suficiente. Estão todos muito felizes e eu também por ter podido a ajudar a este desfecho”, explicou.

Em abril arrancam as European Le Mans Series.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.