Sergio Pérez (Red Bull) conquistou hoje a primeira ‘pole position’ da carreira ao ser o mais rápido na qualificação para o Grande Prémio da Arábia Saudita de Fórmula 1, numa sessão marcada pelo acidente de Mick Schumacher (Haas).

Pérez é mesmo o primeiro mexicano a garantir o primeiro lugar da grelha de partida de uma prova do Mundial de Fórmula 1, ao rodar em 1.28,200 minutos.

O piloto da Red Bull roubou o primeiro lugar da grelha ao monegasco Charles Leclerc (Ferrari) por apenas 0,025 segundos, pouco depois de o piloto da Ferrari ter batido o companheiro de equipa, o espanhol Carlos Sainz (Ferrari), por 0,177 segundos.

“Foi incrível. Posso fazer mais mil voltas que não volto a fazer outra como esta”, confessava Sergio Pérez, nas entrevistas rápidas.

O próprio Leclerc ficou desalentado, pois foi surpreendido pelo tempo ‘canhão’ do piloto da Red Bull numa altura em que já estava convencido de que teria a ‘pole position’ para esta segunda prova da temporada.

“Não esperava que o ‘Checo’ fizesse uma volta destas”, admitiu.

O campeão em título, o holandês Max Verstappen (Red Bull), foi apenas quarto classificado, a 0,261 segundos do companheiro de equipa.

A sessão teve de ser interrompida durante 57 minutos depois de o alemão Mick Schumacher (Haas) se ter despistado contra as barreiras do circuito citadino, na segunda fase da qualificação (Q2).

O Haas descontrolou-se ao pisar o corretor e foi embater no muro de cimento que delimita a pista, a alta velocidade.

O piloto foi assistido no local pelas equipas médicas da prova e transportado de ambulância ao centro médico do circuito, consciente.

Apesar de não ter sido detetado nenhum ferimento, foi ainda transportado de helicóptero ao Hospital das Forças Armadas Rei Fahad, onde os exames complementares não detetaram lesões.

Entretanto, já falou com a mãe Corinna, mas está em dúvida para a corrida de domingo.

Quem já não participou na Q2 foi o britânico Lewis Hamilton (Mercedes), que foi eliminado ainda na primeira fase (Q1) pela primeira vez desde o GP do Brasil de 2017.

Hamilton vai partir, assim, da 16.ª posição da grelha depois de ter sido afastado da Q2 pelo canadiano Lance Stroll (Aston Martin).

Já o seu companheiro de equipa, o britânico George Russell (Mercedes), conseguiu chegar ao sexto posto da grelha de partida, a 0,904 segundos do mais rápido do dia.

O GP da Arábia Saudita é a segunda das 22 corridas da temporada.

Charles Leclerc é o líder do campeonato, com 26 pontos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.