O piloto australiano Daniel Ricciardo, sem monolugar na próxima temporada de Fórmula 1 de automobilismo, será o terceiro piloto da escuderia Red Bull em 2023, anunciou hoje a equipa campeã mundial em título.

Ex-piloto da Red Bull (2014-2018), período em que conquistou sete das suas oito vitórias na F1, Ricciardo “ajudará nos trabalhos de testes e simulação, além da atividade comercial”, especifica a equipa do bicampeão mundial, o neerlandês Max Verstappen.

“O meu sorriso diz muito. Estou muito feliz por regressar à Oracle Red Bull Racing como terceiro piloto em 2023. Tenho muitas e boas recordações do meu tempo aqui” reagiu o Daniel Ricciardo, de 33 anos, num comunicado da equipa.

Além da Red Bull, Daniel Ricciardo, que chegou à F1 em 2011, também correu pela Toro Rosso (equipe irmã da Red Bull agora AlphaTauri), HRT e Renault.

Piloto da McLaren desde 2021, Ricciardo terminou a época de 2022 num modesto 11.º lugar, empatado com Sebastian Vettel, com 37 pontos, e será substituído na próxima temporada, na equipa inglesa, pelo seu compatriota Oscar Piastri.

Para a sua primeira temporada na F1, o australiano Óscar Piastri fará dupla com o britânico Lando Norris, sétimo no campeonato de 2022, à frente dos dois pilotos da Alpine, o francês Esteban Ocon e o espanhol Fernando Alonso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.