A saída anunciada de Lewis Hamilton para a Ferrari, em 2025, deixou o mundo da Fórmula 1 de boca aberta e não é para menos. Convidado a comentar o assunto, Fernando Alonso fez questão de deixar uma crítica ao colega britânico.

"Soube da notícia no dia seguinte ao anúncio. Não prestei grande atenção a todo o drama. Mas sim, é uma surpresa, não vou mentir, porque de fora parecia muito comprometido com a Mercedes, muito fiel. Não era o sonho de infância dele há 12 meses? Ou há dois meses penso eu, porque era um sonho diferente nessa altura", disse Alonso, na apresentação do novo AMR24 da Aston Martin.

O espanhol falou ainda sobre o seu novo carro, que espera ter a capacidade para continuar a dar trabalho aos monolugares da Red Bull, equipa dominadora nos últimos anos.

"Mas é-me igual. Assinar pela Ferrari é apaixonante. Não sei os motivos ou a história neste caso. Eu guardo como recordação, é uma equipa muito especial. Mas é ainda mais especial ter um carro vencedor. Vamos ver se consegue trazer aquele extra que falta, porque já é um bom carro, um dos poucos que acompanhava e superava a Red Bull na classificação".

Aos 42 anos, Fernando Alonso vai para a 21.ª temporada como piloto, mas não quer ficar por aqui. Isto é, enquanto sentir que tem capacidade para competir, uma vez que participar não chega para o piloto espanhol.

"Não vou pilotar mais um par de anos só para me divertir. Não sou esse tipo de piloto e pessoa. Se continuar a pilotar é porque sei que posso dar 100 por cento dentro e fora da pista e alcançar os resultados esperados. Estou a preparar-me para isso. Se continuar veremos as minhas opções, mas a minha prioridade é sentar-me com a Aston. Adoraria continuar neste projeto. Construímos muitas coisas juntos. Temos tudo para ter êxito no futuro. Será a minha prioridade, mas se não houver acordo e querendo continuar na F1, sei que tenho uma posição privilegiada. Provavelmente sou atrativo para outras equipas e, como digo, só há três campeões do mundo na grelha… e apenas um disponível. Mercedes? Quem mais mostrou interesse foi a Aston Martin", finalizou Alonso.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.