O piloto português Filipe Albuquerque (Acura) mostrou-se “supercontente” com a vitória conseguida na noite de domingo na prova de Mid-Ohio do campeonato norte-americano de resistência, a segunda consecutiva.

“Estou supercontente com esta vitória. Passei para primeiro, mas o carro estava com um comportamento muito mau, não conseguia andar. Fiquei muito preocupado”, começou por explicar o piloto natural de Coimbra, que antes de terminar o seu turno de condução foi ultrapassado, caindo para segundo.

Filipe Albuquerque adiantou que, “desta vez”, ele e o companheiro de equipa, o norte-americano Ricky Taylor, mudaram a estratégia de corrida, invertendo a ordem de condução.

“Hoje era o Ricky a acabar e fez um trabalho espetacular. Falei com os engenheiros para tentar ajudar ao equilíbrio do carro e conseguiu fazer a ultrapassagem e aguentar. Fez um trabalho espetacular”, sublinhou o português.

Esta foi a segunda vitória em cinco provas do campeonato, depois de terem vencido em Laguna Seca.

“Duas vitórias seguidas, estamos em primeiro do campeonato. Ainda falta muito, estamos a meio mas sabe muito bem ganhar duas corridas seguidas”, concluiu Filipe Albuquerque.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.