Decorreu esta sexta-feira a última reunião dos Comissários da Fórmula 1, durante os treinos do Grande Prémio de Abu Dhabi, e num comunicado lançado à imprensa anunciaram que o formato sprint vai sofrer mudanças já no ano de 2024, mas sem especificar quais.

Ainda assim, alguma imprensa especializada, nomeadamente o jornal 'Motorsport' já avançou que estão a ser estudadas duas hipóteses: passar a qualificação do sprint para sexta-feira - atualmente ocorre no sábado -, e a da corrida principal para sábado, mas também está a ser ponderada a introdução da grelha invertida. Ou seja, os melhores colocados seriam os últimos a entrar na pista.

No mesmo comunicado pode ler-se que foi abandonada a restrição do uso dos aquecedores de pneus, que iria entrar em vigor já em 2024, e decidido que as equipas terão menos dois conjuntos de pneus, passando de 13 para 11 disponíveis para cada fim de semana, também com efeitos já no próximo ano.

Durante as sessões de treino do último grande prémio da época foi também esclarecido que vão ser testadas novas coberturas de rodas para diminuir a água que sai dos pneus traseiros, com o objetivo de aumentar a visibilidade dos pilotos.

Entre outras pequenas alterações, os monolugares vão poder ter uma conduta de ar na frente do carro, para ajudar a arrefecer as temperaturas dentro dos cockpits. A medida surge depois das condições extremas de calor verificados durante o Grande Prémio do Catar.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.