O Grande Prémio (GP) da Argentina de MotoGP, que estava previsto se realizar entre 5 e 7 de abril, foi cancelado devido aos cortes nos financiamentos governamentais no país, anunciou, esta quarta-feira, a organização da competição.

“Devido à situação atual na Argentina, o promotor do evento informou que, neste momento, não tem condições de assegurar os requisitos necessários para a realização do Grande Prémio”, refere o comunicado do MotoGP.

Na mesma nota, a organização confirma que “a prova não será substituída no calendário da temporada de 2024”, pelo que o Mundial de motociclismo de velocidade deste ano passará de 22 para 21 corridas.

O GP da Argentina, que costuma ter lugar em Termas de Río Hondo, seria a terceira corrida do calendário, entre 5 e 7 de abril, logo após o GP de Portugal, que está marcado para 22, 23 e 24 de março, no Autódromo Internacional do Algarve.

O Mundial de MotoGP tem início no fim de semana de 08 a 10 de março, no Qatar, e terminará em 17 de novembro, em Valência, em Espanha.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.