A "Sky Italia" avança que Miguel Oliveira vai continuar a carreira na RNF, equipa satélite da Aprilia, preparado-se para assinar um contrato de duas temporadas.

A televisão italiana acrescenta ainda que Alex Rins irá mudar-se para a LCR, equipa satélite da Honda, desconhecendo-se para já quem ficará com a segunda moto satélite da formação japonesa.

Miguel Oliveira (ainda da KTM) ocupa 10.º lugar da geral do Moto GP, com 64 pontos. A próxima ronda será o GP da Holanda, em Assen, em 26 de junho.

A KTM, marca à qual está ligado até ao final da temporada, ofereceu ao português um lugar na equipa satélite, a Tech3, a partir de 2023, que Miguel Oliveira recusou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.