Na meia-final, o Sporting de Braga venceu o Sporting (2-1), com golos de André Horta e Paulinho, enquanto pelos 'leões' marcou Coates, tendo a equipa 'arsenalista' assegurado a terceira presença na final da prova.

O FC Porto chegou ao encontro decisivo ao vencer o Vitória de Guimarães, também por 2-1, com golos de Alex Teles e Soares, enquanto pelos vimaranenses marcou Tapsoba, possibilitando a quarta presença na final aos 'dragões', a segunda consecutiva.

A final de hoje reedita, sete anos depois, um embate em Coimbra, em 13 de abril de 2013, que os 'arsenalistas' ganharam por 1-0, graças a um tento do brasileiro Alan, nos descontos da primeira parte, de grande penalidade, na primeira final disputada pelo clube.

Em 2017, os 'arsenalistas' voltaram a chegar ao jogo decisivo, mas foram derrotados pelo Moreirense, com o único golo a ser apontado pelo brasileiro Cauê, também na conversão de um castigo máximo, ainda na primeira parte.

Os 'dragões' chegaram à decisão em 2009/10, 2012/13 e 2018/19, tendo perdido com Benfica, Sporting de Braga e Sporting, respetivamente, na única competição nacional que ainda não consta do palmarés 'azul e branco'.

A final da Taça da Liga entre FC Porto e Sporting de Braga está marcada para as 19:45, no Estádio Municipal de Braga, que recebe a terceira final consecutiva da prova, e vai ser arbitrada por Luís Godinho, da associação de Évora.

AJO // VR

Lusa/Fim

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.