Palhinha partiu, Matheus Nunes continua a ser alvo do interesse de clubes ingleses e, até ver, apenas chegou Morita para reforçar o meio-campo do Sporting. De acordo com a imprensa desportiva, os leões estarão no mercado em busca de um médio que se assemelhe mais ao jogador que saiu por 20 milhões de euros para o Fulham. Há o desejo de adquirir um reforço que se destaque pelo perfil físico, pela mais-valia na recuperação de bola, pelo perigo gerado na bola parada e que ao mesmo tempo seja capaz de simplificar na saída de bola.

Este é um mero exercício especulativo, sem base em quaisquer rumores e tendo em conta a riqueza de opções espalhadas por um espetro de clubes e campeonatos vasto. Olhando em exclusivo para o mercado internacional, apresentamos cinco nomes que podiam encaixar na ideia de Rúben Amorim, ainda que não sejam exatas «réplicas» do internacional português que utilizava a camisola '6' do Sporting.

1. Raphael Onyedika (Midtjylland, 21 anos)

É um dos jogadores mais promissores de uma nova vaga interessante do futebol nigeriano. Ainda não se estreou pela seleção das Super Águias, mas o caminho do topo está traçado. Foi eleito o melhor jogador jovem da última edição da Superliga dinamarquesa e com toda a justiça: fez 31 jogos (48 em todas as competições), quase sempre a um nível alto, evidenciando predicados na ação defensiva, com destaque para a capacidade de pressão e recuperação, que fez dele um dos jogadores mais determinantes na garantia do equilíbrio tático da formação do Midtjylland (clube ao qual chegou em 2019, proveniente do FC Ebedei da Nigéria).

É possante e nota-se a dimensão física considerável, apesar de não ser tão alto quanto Palhinha (para fazer o termo comparativo). Ao mesmo tempo, exibe critério no passe, capacidade de se adiantar até à segunda linha do meio-campo ofensivo e até na meia-distância mostrou atributos. Está ainda a atravessar uma fase de crescimento enquanto futebolista mas percebe-se o potencial para se tornar num dos médios todo-o-terreno mais cobiçados do futebol europeu.

Aos 21 anos, um ingresso no campeonato português, com tempo para poder crescer com Rúben Amorim e ser potenciado na sombra de Ugarte, seria interessante para todas as partes envolvidas. Tem contrato com o Midtjylland até 2026. Avaliação de mercado (Transfermarkt): 5 milhões de euros

Raphael Onyedika ao serviço do Midtjylland
Raphael Onyedika ao serviço do Midtjylland créditos: AFP

2. Ramiz Zerrouki (FC Twente, 23 anos)

Foi um dos melhores médios da última edição da Eredivisie e já está preparado para atingir outro patamar na carreira. Produto da formação do Ajax e internacional A pela Argélia, Zerrouki tem sido associado ao Mónaco e seria uma aposta de muito bom nível para o Sporting, claramente pronto para poder discutir no imediato a titularidade com qualquer médio já à disposição de Amorim.

É um híbrido de '6' com '8', podendo jogar como farol do meio-campo, em duplo-pivote ou como interior. Foi um dos elementos destacados da grande campanha do Twente de Ron Jans no campeonato neerlandês (4º lugar), evidenciando mais-valias no desarme (ganhou mais de metade dos duelos disputados), sentido posicional para efetuar compensações defensivas e coberturas e boa leitura de jogo. É notório como procura ser o «patrão» do meio-campo, na forma como pega na bola e dirige o início da construção dos ataques e como depois de baixar para ajudar defensivamente, leva o esférico até próximo de zonas mais adiantadas, em condução. Tem peso na elaboração em posse no meio reduto adversário, sabe virar o centro do jogo, queima linhas no passe e até arrisca na meia-distância, embora nem sempre com os melhores índices de acerto. Não sendo tão posicional quanto Palhinha, é mais evoluído a construir e tem bons números nos elementos defensivos do jogo.

A concorrência por ele seria forte, mas o apelo da Liga dos Campeões e de um clube habituado a lutar por títulos podia fazer a diferença na hora de escolher. O contrato com o emblema de Enschede tem duração até 2024, com a possibilidade de renovação por mais uma época (renovação efetuada no passado mês de março). Avaliação de mercado (Transfermarkt): 3,5 milhões de euros

Ramiz Zerrouki
Ramiz Zerrouki créditos: AFP

3. Lucien Agoumé (Inter de Milão, 20 anos)

A chegada deste internacional jovem francês ao Sporting seria, à partida, num quadro de empréstimo (parece ser essa a intenção dos nerazzurri), quem sabe com possibilidade de opção de compra ou optando por um modelo de partilha de passe usual entre clubes transalpinos. Depois de uma temporada cedido ao Brest (Ligue 1), na qual fez 30 jogos, esteve recentemente em evidência na vitória da seleção gaulesa no prestigiado torneio de Toulon.

Agoumé é um médio de 1,85m, com robustez e resistência para os duelos físicos e que sabe rentabilizar também para conseguir sair da pressão imposta pelos adversários. É cerebral a elaborar jogo, exibindo acerto no passe (também nas bolas longas) e mostrando argumentos para sair em condução. Tem ótimos índices no desarme e nas interceções de bola e agilidade física e mental para competir no imediato a um nível alto.

Tem-se falado num empréstimo ao recém-promovido Cremonese, mas já se encontra num patamar superior e poder chegar a um clube que joga a Liga milionária seria altamente atrativo para o franco-camaronês nesta fase da carreira. A ligação ao Inter, assinada em 2019, tem extensão até 2025. Avaliação de mercado (Transfermarkt): 7 milhões de euros

Lucien Agoumé
Lucien Agoumé créditos: AFP

4. Samú Costa (Almería, 21 anos)

Espaço para um português nesta lista, ainda que tenha partido relativamente cedo para o futebol espanhol. Internacional sub-19 e sub-20 por Portugal, foi emprestado pelo SC Braga ao Almería na temporada 2020-21 e acabou contratado a título definitivo no verão passado, por mais de 5 milhões de euros. Foi importantíssimo na obtenção da subida ao escalão principal por parte do emblema andaluz na derradeira época, tendo jogado 38 partidas (deu duas assistências para golo).

Samú é um médio-defensivo, que está habituado a atuar num duo na zona intermediária, mas que também pode jogar como trinco único. É um jogador hábil a executar primeiros passes, com o pé esquerdo, a procurar colegas na segunda linha ou até a utilizar o recurso de uma bola mais longa, para encontrar uma desmarcação de um companheiro nas costas da linha defensiva adversária. Tem boa leitura de jogo, tem perspicácia para subir ocasionalmente no terreno e mostra bom 'timing' nas abordagens defensivas, efetuando desarmes, recuperando bolas e sabendo utilizar também o jogo aéreo para afastar bolas de zonas de perigo (tem 1,83m de altura).

Seria um acrescento de qualidade interessante para o plantel do Sporting, até pela idade e pelo potencial que possui para poder chegar, mais tarde ou mais cedo, à Seleção A. Vários clubes têm olhado para Samú lá fora, mas chegar a um dos 'três grandes' ainda antes dos 22 anos podia ser tentador para o médio natural de Aveiro, que tem contrato assinado com o Almería até junho de 2026. Valor de mercado (Transfermarkt): 5 milhões de euros

Samuel Costa
Samuel Costa créditos: UD Almería

5. Stijn Spierings (Toulouse, 26 anos)

Depois dos sub-23, chega o mais velho da lista. Spierings é natural de Alkmaar, despontou no AZ, mas nunca se conseguiu afirmar no clube no qual fez a formação, tendo passado depois disso pelo Sparta Rotterdam, RKC Waalwijk, Levski Sofia e Toulouse, emblema em que foi figura nas últimas duas épocas. Foi uma das peças elementares do regresso ao escalão principal do futebol gaulês por parte dos pupilos de Phillipe Montanier. Não tão destacado quanto o compatriota goleador e assistente van den Boomen no plano atacante, foi fundamental a garantir o equilíbrio defensivo do setor intermediário do Toulouse.

Spierings é um centrocampista com sentido posicional, números relevantes ao nível da recuperação de bola e com capacidade para ganhar duelos por alto (1,87m). No passe, mostra fiabilidade a partir da zona mais recuada do meio-campo, oferecendo-se como alternativa no início de construção, variando o jogo para os flancos (de pé direito) e nalgumas situações aparece posicionado de forma mais estratégica perto da área adversária para dar passes importantes (deu seis assistências na última temporada).

Não sendo tão completo ou possuindo um teto tão alto quanto o de Palhinha ou outros médios do plantel leonino (desde logo, Ugarte ou Matheus Nunes), podia ser uma oportunidade de mercado interessante, até pelo facto de terminar contrato com o Toulouse no final da temporada 2022/2023. Valor de mercado (Transfermarkt): 2 milhões de euros

Stijn Spierings
Stijn Spierings créditos: Toulouse

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.