A águia continua a voar bem alto tanto nos céus de Portugal como nos céus da Europa. O Benfica continua esfomeado e ontem em Itália devorou uma zebra perdida e moribunda.

O Benfica já não ganhava em Itália há 25 anos. É o mesmo que dizer que aquando da sua última vitória, os PC's tinham 256MB de memória, a Internet era um bem quase inacessível e os telemóveis eram maiores que os tijolos que tens na parede da tua casa.

O jogo até começou com um golo da Juventus. Os anti-Benfica, que anseiam por uma derrota do clube encarnado como quem anseia pelo subsídio de férias esfregavam já as mãos de contente.
No fim terminaram com as frases do costume:
"ah e tal, eles quando apanharem uma equipa a sério tipo o Brugge é que vão ver o que é bom para a tosse. Não jogam nadinha, é só sorte, sorte e azelhice dos adversários coitados. O campeonato italiano, um campeonato do terceiro mundo, os jogadores são tão velhos que até estão a preto e branco. Enfim, eles que apanhem um Brugge que vão ver. É a pior Juventus de que me lembro, aliás, as 12 vitórias do Benfica são contra as piores 12 equipas que eu me lembro. Nem o Sporting do Vercauteren era tão mau".

O Benfica ontem habilitou-se a ficar retido em Itália à custa da segurança social italiana. Os maus tratados a idosos não são brincadeira, bater assim numa "vecchia signora" em Portugal era caso para ir a tribunal e sair em liberdade 5 minutos depois.

Por falarmos em velhos, o que dizer de António Silva? Tem nome de velho, joga como um velho mas tem 18 anos. Serei só eu que acha que os pais só o registaram quando ele tinha 10 anos?
António Silva é aquele nome que lembra o velhinho dono de uma mercearia que cheira a mofo, com as prateleiras castanhas escuras e com os preços escritos à mão. Um moço com aquele corpanzil deveria ser Salvador Silva, Martim Silva ou no máximo Santiago Silva.

Velhices à parte, ontem, nada intimidado, secou o senhor 80 milhões de euros, o Vlahovic, como quem prepara uma sandes de queijo e fiambre para levar para o colégio.
Segundo ouvi dizer, ontem quando chegou a casa, e pousou na mesa de entrada as chaves do aloquete da bicicleta, os "Sugus", o "Clearasil" e o Vlahovic.

Quem não deve ter ficado muito "Allegri" com a sua equipa terá sido o treinador da Juventus. A sorte dele é que os jogadores do Benfica estavam com os pés virados para a lua pois arriscaram-se a levarem uma daquelas cabazadas à antiga.

O Benfica lidera o seu grupo e na próxima jornada enfrenta o P.S.G. de Messi, Mbappé e companhia, será que já serão um adversário à altura?

#memesdabola

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.