Ontem foi noite de Champions, com duas realidades bem distintas em Portugal: enquanto em Alvalade se viveu uma orgia coletiva, no Dragão passou um furacão belga de nível 4.

A cidade de Lisboa recebeu a equipa do Tottenham, uma equipa que esta época havia marcado em todos os jogos, não havia perdido nenhum jogo... havia disse eu bem, porque o Sporting tirou-lhes a virgindade.

Num jogo repartido, bem à moda do jogo da sueca na ceia de natal, qualquer das equipas poderia marcar.

Até que ao minuto 90 apareceu João Paulo e, tal e qual o seu homónimo do Vaticano, protagonizou um milagre ao marcar um golo. Leram bem, o Paulinho marcou um golo, o Paulinho fez balançar as redes como a tempestade Danielle balança as minhas persianas.

Semana para esquecer para os ingleses. Perder a sua rainha é mau, levar um golo do Paulinho aos 90 minutos é humilhação.

Como quem dá duas sem tirar, o Sporting passado 2 minutos volta a marcar através do reforço Arthur. O defesa do Tottenham ainda deve estar em Alvalade a procurar os rins depois daquele nó cego que levou do brasileiro.

Estava feito em Alvalade, o Sporting somava mais uns milhões à conta e não fosse o furacão do Dragão, neste momento seria a equipa Kinder Surpresa da Liga dos Campeões.

No Estádio do Dragão, pior do que a tempestade Danielle foi o furacão Brugge de nível 4 que causou prejuízos no valor de 3 milhões de euros.

O destino tem destas coisas. Num dia tão propício à natação, com o relvado bem molhadinho, faltou ao FC Porto o seu principal nadador. Taremi estava castigado e o Brugge castigou de forma pesada a equipa portista.

Não é qualquer equipa que vem ao Estádio do Dragão vencer por 4 a 0. São quatro bolachas belgas que vão ficar atravessadas na garganta dos Portistas durante muito tempo.

No meio de tanta miséria, nem tudo foi mau: Diogo Costa comprovou mais uma vez que é dos melhores do mundo na sua posição, o azar dele é que os laterais são só os melhores da sua rua.

Os belgas fizeram gato sapato de João Mário e Zaidu e David Carmo parece um caloiro na Tuna a tocar fora de tempo.

No rescaldo da noite de ontem quem terá ficado de sorriso na boca terão sido as casas de apostas com estes resultados improváveis. Hoje joga o Benfica em Turim e aposto que amanhã haverá muito que dizer.

#memesdabola

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.