A intervenção na margem esquerda do Parque Verde do Mondego, que será da responsabilidade da empresa Civibérica, vai ter uma duração de três meses, anunciou hoje a Câmara de Coimbra, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

A empreitada "visa recuperar os pavilhões que, fruto dos danos no material de revestimento provocados pela tempestade 'Leslie', se encontram em elevado estado de degradação exterior", explicou a autarquia.

Os efeitos dessa tempestade sentem-se não apenas nas fachadas e caixilharias de madeira, "mas também no interior dos edifícios, onde são já visíveis algumas infiltrações", realçou.

Nesta primeira fase, a intervenção prevê a remoção do revestimento das fachadas e de coberturas em madeira de pinho modificado e a remoção de equipamentos fixos em fachadas e coberturas.

O projeto contempla ainda a "reparação pontual dos painéis 'sandwich' existentes, a reposição de sistema de revestimento, a correção de todas as caixilharias e portas e na reparação das caleiras em zinco", referiu o município.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.