Antigo campeão do Super Bowl, Jay Ajayi vai mudar-se para um tipo de 'futebol' bem diferente. O ex-jogador de futebol americano dos Philadelphia Eagles foi contratado pelos Philadelphia Union como jogador profissional...de FIFA.

"Filadélfia será sempre um lugar especial para mim", afirmou Ajayi em comunicado. "Tenho a sorte de poder continuar a representar a cidade, agora através dos eSports, tornando-me num dos primeiros atletas profissionais a passar a 'gamer' profissional", acrescentou.

Nascido em Londres, Ajayi mudou-se para os Estados Unidos da América quando tinha sete anos e desde sempre se revelou um amante de jogos de computador e do futebol que os norte-americanos apelidam de 'soccer'.

"Representar os Philadelphia Union na eMLS vai permitir-me conjugar duas das minhas maiores paixões fora do futebol americano: o 'soccer' e jogos de computador. Sou um competidor-nato e, por isso, vou dar o meu melhor pelo Unioun em todos os eventos eMLS deste ano", garantiu.

O 'running back' de 26 anos venceu o Super Bowl em 2018 com a camisola dos Eagles, tendo mesmo sido escolhido para participar no Pro Bowl (jogo das estrelas da NFL) desse ano. Na temporada seguinte, contudo, viu-se limitado por um problema nos ligamentos do joelho e disputou apenas quatro jogos. Em 2019 participou em apenas três partidas, acabando por ser dispensado pelos Eagles no final do ano, e encontrava-se agora sem clube na NFL.

Os Union, que em 2019 conquistaram os três eventos que participaram graças ao seu jogador "doolsta", viram este rumar ao Nashville esta temporada e vemm em Ajayi o substituto perfeito.

"A contratação de Jay é um momento marcante para a história da eMLS," afirmou o diretor de marketing do clube, Doug Vosik. "Estamos ansiosos por ver aquilo que ele é capaz de fazer."

A época de 2020 dos Philadelphia Union arranca já esta sexta-feira, com o início da terceira temporada eMLS, competição que conta com a participação de 25 jogadores de FIFA20 em três eventos: League Series One, League Series Two e eMLS Cup.

Embora se trate de uma mudança de ares algo insólita, a confluência entre eSports e desportos tradicionais são uma tendência cada vez mais comum um pouco por todo o mundo e, claro, os EUA não são exceção. Há cada vez mais clubes desportivos a contar com equipas oficiais em competições de simuladores de desporto e a MLS (Liga Norte-americana de Futebol) e a NBA (Liga Norte-americana de Basquetebol) operam mesmo as suas próprias Ligas.

Ao mesmo tempo, Ligas de jogos como o Overwatch ou o Call of Duty que adotam estruturas competitivas semelhantes às dos desportos tradicionais, com equipas federadas e baseadas em cidades específicas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.