A FTW está disposta a investir mais na sua equipa de Call of Duty, depois de uma excelente prestação durante o EEG Malta 3.0, no qual foi finalista derrotado frente à BlackClaw numa partida repleta de emoções. A equipa de Ramiro Teodósio vai dar um novo passo na competição, passando a disputar a bem mais competitiva liga espanhola de Call of Duty, através de uma representação ibérica.

Neste caso, a FTW uniu esforços com a equipa espanhola Team Paragon para a formação de um alinhamento híbrido, e mais forte, para participar na NGL, a liga espanhola de Call of Duty: Modern Warfare, que arranca já em janeiro, prolongando-se até março do próximo ano.

Na verdade, a fusão prende-se mais com o nome da união das equipas, porque na prática, a FTW Esports cancelou a equipa de CoD, renomeando-se para Team Paragon For The Win. O logotipo toma como base o arcanjo da Paragon, que deixa de ser exclusivamente azul para ganhar o contraste com o vermelho e branco típicos da FTW. Relativamente ao alinhamento dos atletas, são exclusivamente os cinco elementos portugueses: Ludgero “SXNNY” Teixeira, Rodrigo “Voltrix” Ramos, João “KidzZ” Cruz, José “Rufia” Pereira e Tiago “Visions” Cardoso.

team FTW

Relativamente aos jogadores anteriores da formação da Team Paragon, estes saíram todos, e excetuando Alfoon que passa a representar a Kawaii Kiwis, não se sabe o seu destino. A equipa não apresentou bons resultados nas últimas competições, tendo ficado em quinto lugar durante a Gamepolis 2019, em Málaga em julho deste ano. A nova organização passa a estar sedeada em Espanha.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.