João Ferreira, mais conhecido por Killdream, já não faz parte da equipa de CS: GO, Vodafone Giants. Segundo a sua mensagem no Twitter, o atleta profissional não faz mais parte da formação e está à procura de uma “nova casa”, prometendo que a sua bandeira nacional “ainda irá dar muitas alegrias ao país”.

A saída do atleta profissional vai de encontro a uma restruturação que está a ser feita na equipa, já que também Luis “Zelin” Lousada abandonou a formação. A RTP Arena, através de fonte próxima, adianta que os dois substitutos já foram escolhidos e que já estão a treinar com a equipa. Depois de ultrapassar os processos internos estes serão apresentados em breve.

Outro dado a salientar é que a equipa, até aqui totalmente composta por jogadores portugueses, apenas testou atletas espanhóis, o que pode significar uma formação ibérica no futuro. Rumores apontavam para a entrada do jogador Cláudio “Cunha” Cunha na formação vermelha. Outros nomes avançados indicavam o recrutamento de Omar “arki” Chakkor e Peter “Shhhack” Belej da Team Queso, mas o facto de estes terem sido castigados por match fixing, a sua contratação poderá ter ficado comprometida.

A Giants não tem passado pelos melhores momentos, depois da Blast Pro Series Madrid, em que ficou em sexto e último lugar, tendo apenas uma vitória, e somado quatro derrotas. Mesmo no último WGR Master Series, a equipa não se conseguiu qualificar para a grande final, perdendo oportunidade de participar no Moche XL Esports.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.